Câmara aprova e Empréstimo Caixa Tem poderá ser de 4.500

No dia 21 de junho foi aprovada o plenário da Câmara a Medida Provisória (MP) que cria o SIM Digital – Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores – e determina medidas de incentivo aos pequenos negócios. O governo espera que o Programa beneficie um total de 4,5 milhões de empreendedores. Até o mês de abril deste ano, a Caixa havia concedido crédito para mais de 1 milhão de pessoas com essa garantia.

O relator da medida deputado Luís Miranda, modificou o texto enviado pelo Executivo e elevou o valor dos empréstimos. O valor antes de R$ 1 mil e R$ 3 mil, respectivamente, aumenta agora para até R$ 1,5 mil para pessoas físicas e até R$ 4,5 mil para MEI’s (Microempreendedores Individuais).

Ele ainda diz que os valores ainda são modestos, mesmo sendo para empreendedores de baixa renda: “É preciso ter cautela para não induzir o endividamento da população e para manter um volume de recursos que possa atender o máximo de empreendedores que busquem pelo financiamento”

No dia 17 de março, o presidente Jair Bolsonaro já havia anunciado várias medidas com o intuito de incentivar a economia, uma delas foi o microcrédito “SIM Digital”, que contemplará 5 milhões de pessoas ainda que estejam com o nome negativado, sendo direcionado somente a pessoas físicas que queiram empreender de forma autônoma ou informal, não podendo ser utilizado, por exemplo, para o pagamento de contas ou compra de itens para a casa ou vestuário, uma vez que o público-alvo são pessoas que queiram comprar matéria-prima para prosseguimento de seu negócio.

A MP também cria limites para a cobertura pelo FGM (Fundo Garantidor de Microfinanças) de até 80% do valor gasto em cada operação e 75% do valor total da ficha de empréstimos do banco vinculada ao SIM Digital, e diz também que os bancos deverão solicitar limites menores, segundo a composição de preço e risco.

Ainda, de acordo com informações do Ministério do Trabalho e Previdência, os bancos deverão enviar os dados referentes às operações feitas, indicando o número do mutuário no CPF ou no CNPJ, e também os montantes contratados. Em caso de inadimplência, o banco tomará todas as providências normais de cobrança nos quais utiliza para outros casos, e somente após 350 dias da falta de pagamento, da primeira parcela do montante em atraso, que poderá recorrer ao FGM.

Como solicitar

Para o Microempreededor Indiividual, há a necessidade de existir por no mínimo 12 meses; ter faturamento anual de até R$ 81 mil; Possuir uma Conta Pessoa Jurídica CAIXA; Ser aprovado na análise de crédito e não ter dívidas em aberto superior a R$ 3 mil. Agora basta acessar seu App Caixa Tem e seguir os passos em Sim Digital para contratar o empréstimo.

Conclusão

Agora fica mais fácil você seguir com seu pequeno empreedimento com aquela graninha que estava faltando, já que com o Caixa Tem você tem muitas maneiras de gerenciar suas finanças e acesso a ferramentas de controle dos seus benefícios sem sair de casa. Sempre controle seus gastos e fique de olho nos depósitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.