Saque-aniversário do FGTS 2022 Prazo para nascido em junho aderir acaba hoje

O FGTS ou Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um direito trabalhista assegurado a todos os trabalhadores formais do país. É uma quantia em dinheiro que é depositada mensalmente pelo empregador com a finalidade de auxiliar pessoas demitidas sem justa causa. Dentre as diversas maneiras de sacar esse dinheiro, existe o saque-aniversário, uma antecipação de parte do FGTS que acontece anualmente em prazos determinados pelo governo para trabalhadores de acordo com o mês de seu nascimento.

Fundo de Garantia

Hoje, quinta-feira (30), acaba o prazo de adesão ao saque-aniversário do FGTS para pessoas nascidas em Junho. Sacar essa parte do dinheiro do fundo de maneira antecipada não é obrigatória e para fazê-lo você deve informar a Caixa Econômica Federal.

É válido ressaltar que ao escolher sacar parte do dinheiro você está abdicando do valor integral em caso de demissão, muito embora ter um dinheirinho a mais em um contexto econômico tão ruim quanto o atual não é nada mal, mas isto deve ser pensado com muito cuidado. O que não muda é o acesso aos 40% de rescisão sobre o valor depositado pelo empregador para casos de demissão sem justa causa, durante a aposentadoria, financiamento da casa própria ou doenças terminais.

Os prazos de adesão deste ano são muito simples: eles sempre terminam no último dia do mês de nascimento do beneficiado. Após aderir, o saque ficará disponível por 3 meses a partir do primeiro dia útil do seu mês de aniversário. Exemplo: Quem nasceu em Novembro poderá sacar até o dia 31 de Janeiro do ano que vem. Quem quis fazer o saque-aniversário, mas depois desistiu precisa aguardar o prazo de 24 meses para a mudança ocorrer.

Os valores sacados podem variar de acordo a somatória dos valores das suas contas de FGTS (referentes a todos os empregos que teve). Existem 7 diferentes faixas de pagamento com os valores variando entre R$500 e valores acima de R$20.000. Para pessoas com saldo acima de R$500 é adicionada uma parcela fixa. Quanto maior a faixa de saldo menor a porcentagem a ser paga, quem tem até R$500 pode saca 50% do valor, quem tem valores acima pode sacar de 40% até 5%. Os valores brutos dos saques podem então ir de R$250 até R$3.900 (para alguém com saldo de R$15.000 à R$20.000)

Conclusão

Fique atento aos prazos para aderir ao saque-aniversário e se informe qual a faixa de saldo da sua conta acessando o app FGTS, mas pense muito bem antes se não prefere receber integralmente no futuro caso ocorra uma demissão. Essa é uma decisão importante, pois muitas vezes esse dinheiro pode fazer falta na ausência de um emprego.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.