Não cometa esse ERRO que pode impedir o saque no Caixa Tem

O FGTS ou Fundo de Garantia de Tempo de Serviço é um direito trabalhista garantido por lei a todo trabalhador formal regido pela CLT, trabalhadores domésticos, rurais e safreiros, temporários e intermitentes, avulsos e atletas profissionais. O FGTS veio com a finalidade de proteger trabalhadores demitidos sem justa causa.

Saque do FGS

A cada mês trabalhado, os empregadores devem depositar em conta específica aberta na CAIXA, no nome do funcionário, um valor que corresponda a 8% do salário pago ao empregado. O saque do FGTS pode ser feito por pessoas demitidas sem justa causa, aposentados, quando ocorre término de contrato ou rescisão por falência ou falecimento do empregador.

Hoje, muitos trabalhadores brasileiros possuem saque do FGTS disponível sem saber da existência desse dinheiro.  Isso porque esse dinheiro está vinculado ao saque extraordinário via Caixa Tem, que conta com valor de até mil reais.

Segundo o banco CAIXA, cerca de 42 milhões de pessoas devem ter recebido acesso a esta nova forma de resgate do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço este ano. Para os que estão por fora, este saque extraordinário do FGTS é, de acordo com as regras da CAIXA, disponível para todos aqueles que são trabalhadores com contas ativas (referente ao emprego que esteja atualmente trabalhando) ou inativas (referente aos empregos pregressos).

Mas atenção! Algumas intercorrências podem afetar o saque extraordinário e impedir você de ter seu dinheiro em mãos.  Isso ocorre quando o trabalhador já usou parte do dinheiro do fundo para fazer empréstimos ou operação de crédito, a exemplo da antecipação do saque deste valor através do Saque-aniversário disponibilizado no mês de nascimento do trabalhador.

Além disso, você pode ser impedido de sacar o FGTS se sua conta foi bloqueada por decisão judicial ou se houver solicitação de devolução do valor do FGTS pelo empregador ou ainda quando existem erros nos dados pessoais fornecidos pelo trabalhador.

Por isso, para evitar qualquer problema, forneça corretamente seus documentos e se informe em qualquer agência CAIXA ou pelo site www.caixa.gov.br quais documentos você deve levar para sacar o FGTS.

Conclusão

Assim, o trabalhador não deve abrir mão de seu direito e deve sempre se manter informado sobre os benefícios disponibilizados em decorrência de sua contribuição. Lembre-se sempre que o valor referente a este novo saque ficará disponível até o fim deste ano, mas é necessária muita atenção com relação aos prazos para não perder a chance de sacar. Para mais informações sobre seu FGTS baixe o aplicativo de mesmo nome disponibilizado pelo governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.