Dicas para aumentar o limite do cartão de crédito

Em uma pesquisa realizada pela Serasa em parceria com a Opinion Box, foi identificado que a dívida de cartão de crédito é a principal entre os endividados do Brasil, onde 53% dos entrevistados citaram esta forma de pagamento como o motivo do endividamento, além de boletos em lojas, contas básicas e telefonia, respectivamente.

O Crédito nada mais é que a confiança que se tem em algo ou alguém, e particularmente nas finanças, é a confiança depositada pelos bancos nos clientes de que vão receber de volta o dinheiro emprestado, isso mesmo, emprestado, pois funciona como um adiantamento de seus recursos por vir, fornecido pelo banco para lhe auxiliar financeiramente, ou seja, não é dinheiro extra, mas sim antecipado.

Em se tratando de confiança, este recurso possui um limite fornecido pelo banco e pode ser aumentado ou diminuído dependendo da sua situação bancaria e uso, ou seja, a cada compra ele diminui o saldo e para retornar ao total é necessário pagar a fatura dentro do vencimento determinado, podendo também ter diminuição deste total devido inadimplência.

Mas e para aumentar este total? O que pode ser feito?

Uma boa dica, que serve tanto aqui quanto para sua vida financeira em geral é viver bons hábitos financeiros:

1 – Pague as contas em dia

Além de ajudar a manter seu score alto, resolver suas pendências financeiras é um ótimo hábito para fazer aumentar o limite do seu cartão ou já facilitar a obtenção de um no momento da contratação de crédito. Ter controle financeiro do seu dinheiro para não gastar acima do que ganha é essencial, então priorize o pagamento em dia de todas as suas contas, não só a fatura dos cartões de crédito.

2 – Realize movimentações financeiras

A movimentação feita na sua conta corrente ajuda a entender o valor que circula por ela independente do seu salário, então ter uma boa movimentação pode ser um dos fatores que determinam se você pode ou não ter um cartão de crédito com limite alto. Seu extrato bancário pode até servir de comprovante de renda. Detalhe, “CPF na nota” não conta como movimentação.

3 – Receba seu salário pelo banco emissor do seu cartão

Ao optar por receber seu salário pelo banco emissor do seu cartão, você tem chances de aumentar seu limite ao fazer uma solicitação bem como aumentar a confiança com seu credor além de ter alguns cartões pré-aprovados e com um limite compatível com a sua renda mensal. A partir daí, é só pagar as faturas em dia, pois, ao fazer isso e cumprir com o compromisso de pagar a fatura em dia, o agente financeiro consegue entender melhor a sua necessidade de uso e seu limite pode aumentar, e de bônus, um bom relacionamento com o credor é construído, sendo capaz deste mesmo lhe procurar e oferecer um aumento de seu limite.

Conclusão

Não se desespere, cartões com limite alto não significam necessariamente um problema na sua vida financeira. Na verdade, quase sempre é uma possibilidade de melhorar o poder de compra e conseguir fazer parcelamentos melhores, basta moderar seus gastos e controlar seus saldos diariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.